Infraestrutura de transportes do Brasil não evoluiu nos últimos 10 anos.

Vemos cada vez mais artigos mostrando a triste realidade do Brasil. Sempre tido como o país do futuro, como a “bola da vez”, desemprego zero, sem crise, vemos que o país está na realidade estagnado e anos luz de qualquer país desenvolvido.

Esta matéria abaixo não só mostram que o Brasil não evoluiu sua estrutura logística como também possuem custos e burocracias sem igual no mundo:

http://www.fiesp.com.br/noticias/jornal-nacional-mostra-estudo-da-fiesp-que-revela-atraso-do-brasil-em-indicadores-logisticos/

Quantas viagens você fez de trem na vida que não fosse para chegar no trabalho? Nenhuma… claro… praticamente não temos ferrovias. Exceto algumas multinacionais que transportam grãos ou alguns poucos commodities. Quando mesmo ficará pronto o trem bala? 10 anos, 20 anos, ninguém sabe.

Qual estrada pública você considera boa? Quantas vezes você tem que pegar estrada de terra por ano?? Temos que lembrar que o Brasil são dois países distintos: dentro do Estado de São Paulo e fora do Estado de São Paulo. Chegar em muitas cidades do interior do país é um grande desafio.

Dos nossos portos, todos estão saturados, enfrentam burocracias tremendas, filas para carregar e descarregar, vários dias para liberar uma carga.

E o transporte aéreo? O fato de muita gente andar de avião hoje é graças ao investimento privado e companhias aéreas que oferecem passagens de avião mais baratas que passagens de ônibus. Se fosse depender dos aeroportos ou do governo, estaríamos perdidos.

Infelizmente ficar estagnado por 10 anos é perder pelo menos 20 anos. Afinal, mesmo o mundo todo estando em crise, todos os países desenvolvidos continuam investindo em infraestrutura e o Brasil vai ficando cada vez mais para trás e menos competitivo no mercado mundial de qualquer produto.