População indignada em ver funcionários de hospitais jogando Paciencia, como se ninguém fizesse isso durante seus horários de trabalho !!!!

Nos últimos anos, tenho visto várias vezes uma comoção nacional quando flagram funcionários públicos jogando paciência durante seu horário de trabalho. Encontrei dezenas de casos, mas vou colocar apenas 3 links:

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2014/01/funcionaria-de-hospital-publico-do-es-e-flagrada-jogando-paciencia.html

http://www.bocaonews.com.br/noticias/principal/saude/72444,retrato-da-saude-publica-enquanto-a-populacao-sofre-funcionario-joga-paciencia.html

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/05/demitido-por-jogar-paciencia-estava-em-horario-de-descanso-diz-defesa.html

As pessoas reclamam indignadas que isso é o cúmulo pois estes funcionários públicos são pagos com o dinheiro obviamente público, ou seja, de todos os brasileiros. Deixam de prestar atendimento por estarem ocupadas jogando. Usam todas as palavras: descaso, inadmissível, antiético, falam até de demissão por justa causa, exoneração imediata.

Claro que este assunto tornar-se mais delicado por refletir no atendimento de pessoas a beira da morte.

Como as pessoas ficam indignada ao ver isso, mas fazem a mesma coisa quando chegam em seus próprios postos de trabalho ??? Tanto na minha empresa como em muitas empresas que visito, isso é a coisa mais comum de se ver. Jogando paciencia, facebook, instagram, torpedos de celular e pessoas penduradas no telefone por horas falando com namorado, familiares, amigos, etc.

Nesta semana mesmo, descobri porque o telefone do meu cliente sempre dava ocupado. Enquanto estava sentado na sala de espera, a funcionária não saiu do telefone e nada discreta estava falando com uma amiga os planos de viagem dela do final de semana. Poderia mencionar outras dezenas de casos em que funcionários atrás do balcão ficavam enrolando ao invés de atender as pessoas.

Hoje um aparelho celular pode manter uma pessoa distraída 24 horas por dia. Todo computador já vem com joguinhos do tipo Paciencia instalados e manter controle sobre isso é praticamente impossível.

Ou seja, gastar dinheiro público não pode, mas gastar o dinheiro da empresa que paga seu salário pode? A CLT não permite mandar embora por justa causa. A CLT mal permite que um gerente monitore emails profissionais de seus funcionários sob pena de “invasão de privacidade”. Instalar cameras e gravação das chamadas telefônicas pode virar facilmente danos morais contra a empresa.

Tenho certeza que todo mundo que ler este artigo vai lembrar várias situações similares a minha… seja como empresário ou mesmo como cliente/paciente esperando atendimento.

Eficiência da China vai muito além da mão de obra barata. Segredos da China.

A minha visita a Canton Fair há poucas semanas, me mostrou como a realidade é muito diferente do que as pessoas costumam falar. Já comentei anteriormente que as pessoas adoram falar de coisas que não sabem, nunca viram ou simplesmente espalhar coisas que ouvem como se fossem verdades absolutas.

Sempre ouvi falar que o segredo da China em ter custos baixos se baseava exclusivamente na mão de obra extremamente barata e escravidão. Concordo que a mão de obra realmente é barata, mas temos que ver muitos outros aspectos que o Brasil está um pouco longe de alcançar. Falamos da mão de obra escrava na China, mas nos esquecemos que no Brasil, as coisas não são muito diferentes: muitas pessoas ganhando menos de um salário mínimo, empresas fundo de quintal com imigrantes sendo explorados, em pleno Estado de São Paulo. Se formos para outros estados do Brasil, encontramos também menores trabalhando pesado, sem escola, em minas de carvão, agricultura, e pessoas trabalhando em condições muito degradantes. Nem por isso, o Brasil é um país competitivo.

Os funcionários chineses começam a ganhar cada vez mais. Funcionários administrativos, recém graduados, engenheiros e muitos outros já recebem valores considerados normais em relação a média mundial. O custo de vida na China também é extremamente baixo, assim como os custos das matérias primas, transporte, energia, maquinários, educação, etc.

Visitei algumas empresas que tinham padrões semelhantes às melhores empresas do Brasil, Europa e EUA. Ou seja, não podemos generalizar em dizer que as empresas chinesas tem más condições de trabalho. Muitas delas tem um parque industrial invejável com tecnologia de ponta. Equipamentos importados dos EUA e Europa, ou mesmo equipamentos chineses com peças de alta qualidade. Com isso, eles conseguem ser produtivos e ter qualidade a custos mais baixos.

A malha de trens é muito extensa e veloz. Com isso, tanto as pessoas se deslocam facilmente como também o custo de transporte de cargas torna-se muito baixo. Rodovias de excelente qualidade para todos os lados, ao contrário do Brasil. Por exemplo, se ocorre algum problema na BR-116, não temos outra opção para um dos trechos mais movimentados do Brasil (Sul, São Paulo e RJ).

No Brasil, podemos dizer que o Estado de São Paulo é a única região mais desenvolvida com indústrias para diversos segmentos. Outros estados do Brasil podem até possuir indústrias desenvolvidas, mas sempre especializadas em um ou dois segmentos. Na China, podemos encontrar pelo menos 6 regiões desenvolvidas e auto suficientes.

O transporte urbano também me deixou impressionado. Sejam pelos anéis viários (que em São Paulo ainda estamos para terminar o primeiro) ou pela vasta rede de metrôs com muitas linhas com sinalização excelente mesmo para ocidentais. Usei bastante o metro. Shanghai tem pelo menos 11 linhas de metrô e planejam ter 20 linhas em 2020. Em São Paulo, nem em 2050 teremos 11 linhas. Ou seja, estamos defasados uns 50 anos.

Encontrar chineses falando inglês nas empresas já é muito mais comum. Muitos recém graduados já falam inglês muito bem. Da mesma maneira que é difícil para nós aprendermos chines, é difícil para eles aprenderem inglês.

As cidades tem uma cara moderna com arranha céus espelhados e iluminados, viadutos largos, parques, monumentos antigos e modernos, ruas largas, calçadas extremamente limpas. Também vi bairros pobres semelhantes as nossas favelas.

A segurança que senti nas cidades pelas quais passei é impressionante, mesmo tarde da noite. Diferente do que temos no Brasil, e mesmo mais seguro de que muitas cidades americanas ou européias.

Ou seja, tudo funciona muito bem na China com baixo custo, em evolução constante e modernidade. Claro que deve existir um lado pior da China que não tive oportunidade de conhecer, mas o Brasil também possui muitas diferenças que infelizmente conheço e não deixa nenhum brasileiro orgulhoso.

Brasil: funcionários desqualificados, caros e menos produtivos.

Já publiquei outros artigos falando exatamente a mesma coisa, porém agora quem fala isso é um brasileiro com experiência em empresa multinacional e especialista no assunto. Infelizmente a grande maioria da população brasileira não faz a menor idéia como são outros países e acabam falando um monte de coisa sem sentido.

http://economia.ig.com.br/empresas/2012-10-29/alguem-vai-fazer-melhor-e-mais-barato-em-algum-lugar.html

O Brasil está crescendo pouco, mesmo sendo considerados a bola da vez, e acaba ficando muito atrás não só dos países desenvolvidos, mas também atrás de outros países do “terceiro mundo”.

Nossos funcionários são desqualificados, recebem salários altos, as empresas enfrentam altos encargos trabalhistas, são menos produtivos, além da falta de infraestrutura do país. O pior é saber que a falta de planejamento do país e investimento em educação, este cenário não deve mudar por bastante tempo.

Conclusão: estamos ficando para trás e não há perspectiva de melhora a curto prazo.

Celulares no ambiente de trabalho: um convite a improdutividade

É cada vez mais comum vermos funcionários usando telefones celulares no ambiente de trabalho para fins particulares. Nos ultimos meses, quase todas as operadoras oferecem chamadas sem custo para telefones que pertencem a mesma operadora ou grupo, com pacotes de dados a preços muito baixos.

O resultado disso é que muitos funcionários usam os celulares para mandar mensagens, fazer ligações particulares e até mesmo usar a internet a partir do seu aparelho, que pode ficar escondido no bolso da calça. Não tem como uma empresa monitorar 100% do tempo este funcionário. Isto é um prato cheio para aqueles funcionários insatisfeitos com a vida que fazem corpo mole para serem mandados embora e receber todos os encargos trabalhistas + seguro desemprego.

Em alguns casos, isso pode inclusive trazer problemas na questão da segurança do trabalho, deixando funcionários desatentos e com risco de acidentes.

Não sei se existe alguma coisa que possa ser feita, além de uma advertência. Teremos que fazer demissões por justa causa para isto ser levado mais a sério?? Os juízes do trabalho vão dar ganho de causa a empresas que mandam embora pelo uso indevido de celulares, ou os funcionários ficarão protegidos?