Empresas brasileiras migram pro Paraguai, mostrando a fragilidade do Brasil.

O Brasil mostra que está seguindo o caminho oposto a maioria dos outros países do mundo. Carga tributária cada vez mais alta, encargos trabalhistas crescentes e rígidas, custo de energia entre as mais altas do mundo mesmo tendo hidroelétricas para todos os lados, pouca infraestrutura, etc. Agora muitas empresas brasileiras perceberam que nosso vizinho Paraguai oferece excelentes condições para abertura de empresas: impostos ridiculamente baixos, mão de obra barata, baixos encargos trabalhistas, energia barata e incentivos para exportação.

O Brasil é um pais extremamente rico, entre os 10 maiores PIBs do mundo, e mesmo assim não consegue atrair empresas estrangeiras para montarem suas fábricas por aqui. Em teoria tem total condições de financiar e fomentar o crescimento sustentável. A maioria das multinacionais que temos por aqui servem principalmente para abastecer o mercado interno.

Todos os países adotam alguma estratégia de crescimento: países desenvolvidos (EUA e Europeus) tem a mão de obra cara, porém tem alta produtividade e tecnologia. Países subdesenvolvidos não tem a alta tecnologia, mas tem mão de obra barata. O Brasil não tem nem um, nem outro, e nenhuma estratégia de longo prazo.

Outra reportagem mostra que a mesma calça jeans fabricada no Paraguai custa 35% menos. Isso é uma diferença absurda. Vamos começar a perder empregos e competitividade até pro Paraguai??

O Brasil não precisa apelar e igualar condições trabalhistas da China ou Paraguai e pagar salários muito baixos, mas precisa compensar as empresas de alguma forma, já que tem dinheiro para isso: financiamentos, pesquisas, menos burocracia, mais tecnologia, infra-estrutura, educação, reduzir o famoso custo Brasil.

http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,empresas-migram-para-o-paraguai,152100,0.htm

http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,custo-de-calca-jeans-paraguaia-e-35-menor,152101,0.htm