Sindicatos promovem greves pois não são eles que levam prejuízo. Na realidade, o governo repassa verbas milionárias e se funcionassem não estaria tudo uma merda.

Mais uma vez vários sindicatos se unem para fazer uma greve geral. Nessa história todo mundo perde, menos os sindicalistas. Os sindicalistas por sinal recebem verbas milionárias do governo. Se é do governo, é de todos nós que pagamos impostos altíssimos. Centenas de sindicatos que brotam a cada dia e não representam os trabalhadores… apenas se importam em ganhar dinheiro sem fazer nada e fechar acordos mirando os 20% que eles exigem de toda negociação.

Com as greves, as empresas perdem fortunas sem produção e os funcionários também perdem. Vendedores deixam de ganhar comissões, os operários deixam de cumprir metas… e principalmente… se a empresa não ganha, quem perde é o funcionário. Quanto menos lucro, menores os salários.

Vida de sindicalista é facil. Fica no ar condicionado, visitando e extorquindo empresas, negociando propinas com governadores e aliados, fazendo piquetes e fazendo falsas calúnias contra empresas e empresários. São ditadores pois sempre que promovem greves, proíbem pessoas de irem aos seus trabalhos e ameaçam aqueles que não querem participar da greve. Isso não é democracia.

O pior são as propostas demagógicas: redução da jornada de trabalho mantendo os salários. Que burros!!!! Vai aumentar ainda mais os custos das empresas e dos produtos. Ficaremos ainda mais longe de competir com qualquer outro país. Mais pessoas poderão ser contratadas, mas com certeza, com salários inferiores pois o número no final das contas tem que ser positivo. Sabemos que nenhum cliente ou consumidor vai aceitar pagar mais caro num país onde tudo já custa um absurdo. Quem vai pagar o pato é o trabalhador honesto e o empresário que terá funcionários ainda mais INsatisfeitos. O que adianta trabalhar menos, ficar mais tempo em casa e não sobrar dinheiro no final do mes ??

http://noticias.terra.com.br/brasil/greve-geral-sera-a-4-do-brasil-desde-a-independencia,29f16fbf874cf310VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html

Greve dos caminhoneiros: preços dos alimentos sobem (na última greve quando faltou combustível, aumentar o preço do combustivel era crime)

Conforme vemos nos noticiários em geral, a greve dos caminhoneiros está causando aumento dos preços de alimentos pelo Brasil. Viagens mais longas, mais alimentos estragados, entre outros fatores, acabam aumentando os custos dos alimentos, que são repassados ao consumidor, seguindo também a lei da oferta e da demanda.

O que eu não entendo é: por que quando houve a greve dos caminhoneiros que deixaram de transportar combustível, os postos de combustível foram proibidos de subir os preços e alguns ainda foram presos ?? Como se a greve tivesse sido causada pelos donos de postos de gasolina !?!? Alegaram que os donos estavam sendo oportunistas para ganhar mais dinheiro. Na realidade os postos de gasolina PERDERAM muito dinheiro, afinal, mesmo com preços mais altos, o volume de vendas caiu quase a zero. Não tenho posto de gasolina, mas imagino que eles passaram por muitas dificuldades, porque vendendo ou não, com greve ou não, existem os custos fixos e contas para pagar do mesmo jeito.

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2012/07/greve-de-caminhoneiros-afeta-preco-de-alimentos-no-es.html