Quem não tem empresa, não faz idéia dos custos envolvidos e de toda a complexidade. Veja este fã da Wanessa Camargo que vai perder sua casa por achar que promover um show é coisa fácil.

Ouço as pessoas em geral achando tudo caro e achando que as margens de lucro das empresas são altíssimas. Só quem abriu uma empresa do zero e acompanha tudo no dia-a-dia sabe que nenhum negócio no Brasil é moleza. Para quem acha que os lucros dos empresários são super altos (e você tão inteligente), abra sua próprio negócio e pegue estes lucros para você. Para os que tentam abrir: muitos quebram em menos de 2 anos (e levam suas economias de anos para o buraco). Para os que não tentam, ficarão achando a mesma coisa a vida inteira.

Meu maior exemplo é um dos meus amigos de infância que se recusa a pagar R$50 por uma pizza. Segundo ele, é muito caro, considerando que uma pizza leva basicamente farinha, ovos, tomate e queijo. Ele esquece que uma pizzaria tem inúmeros funcionários, aluguel, mesas, cadeiras quase sempre impecáveis (no caso de uma pizzaria melhor) e ingredientes melhores que a média. Além disso tem todas as licenças de funcionamento, segurança, freezers, ar condicionado, dedetização, inadimplentes, taxa do cartão, imprevistos mil… quanto mais eu penso, mais custos me aparecem na cabeça… sem falar dos impostos.

Veja só este fã da Wanessa Camargo que promoveu um show dela no interior, pegou dinheiro emprestado achando que iria render bastante para pagar os custos, juros e tudo. No final, os gastos foram extrapolados e o dinheiro dos ingressos “sumiu”. Agora ele deu a casa em garantia do empréstimo e irá perder a casa. Ainda deve ter sido roubado nos ingressos.

Essa é uma situação típica de um empresário no início. Faz um grande investimento achando que o negócio vai decolar nos primeiros meses. Quando vê, já se passou vários meses, não conseguiu tantos pedidos como imaginava e os lucros na verdade viram prejuízo. Depois de alguns meses, o dinheiro acaba e na confiança e ilusão de fazer o negócio crescer, toma empréstimos e se afunda ainda mais. Ainda leva um processo trabalhista, é traído por pessoas que não esperava, clientes mal intencionados, roubo na empresa de vários tipos, etc. Mesmo para aqueles que passam vivos nos primeiros anos, esta luta (sobe e desce) será constante por ainda muitos anos. Você tem que ficar de olho no dinheiro, nos funcionários, nas leis, no servidor de telefone e de dados, rede elétrica, bombeiro, e por ai vai… no final, você cuida de tudo e esquece de pensar no seu negócio e correr atrás dos clientes.

http://noticias.r7.com/economia/fotos/exclusivo-fa-que-contratou-show-da-wanessa-camargo-pode-perder-casa-dos-pais-para-agiota-18072013#!/foto/13

Um comentário em “Quem não tem empresa, não faz idéia dos custos envolvidos e de toda a complexidade. Veja este fã da Wanessa Camargo que vai perder sua casa por achar que promover um show é coisa fácil.

  1. Michel disse:

    Depois de ler meus comentários, alguns devem se perguntar: Porque esse estrangeiro fica no Brasil reclamando tanto de tudo?

    Primeiro eu fiquei pois uma mentirosa iniciou um processo trabalhista contra a empresa que me mandou ao Brasil. A mulher nunca tinha trabalhado para nos, mas pediu +- R$400.000,00. Eu não queria que o processo me seguisse até outro país. O valor era alto demais. Eu esperei a solução sem saber que a justiça no Brasil era tão rápido como o caracol. O processo ainda não estava terminado 5 anos depois. No final, fizemos um acordo sem querer.

    Enquanto isso, eu tinha montado meus negócios. Eu já sabia que não seria fácil trabalhar no Brasil, mas não sabia que seria tudo tão difícil. No início, eu estava pensando em deixar tudo com um gerente para eu mesmo não ficar mais sempre no Brasil. Mas…. os negócios sempre davam problemas. Alguns funcionários roubavam. Fui vítima de fraudes. Não vendíamos sempre o suficiente. Toda vez que pensei que agora ia dar tudo certo, aconteceu algo imprevisto ou totalmente absurdo e perdi dinheiro. Nunca consegui contratar pessoas muito responsáveis para tomarem conta de tudo. Afinal, o gerente de verdade sempre fui eu mesmo. Trabalhei 7 dias por semana, 363 dias por ano. Muitas meses, eu não ganhava nada ou menos que alguns funcionários.

    O negócio não é necessariamente fácil até em outros países, No Brasil, tem impostos demais, as leis são complexas e confusas, sempre tem funcionários, clientes, fornecedores e representantes que fazem coisas erradas, tem vigaristas que iniciam processo de mentira contra a empresa, a justiça dá sentença totalmente injustas, tem contrabando demais no mercado, o aluguel é absurdamente caro, as autoridades sempre dificultam tudo, tem muitos cheques roubados e sem fundo, etc, etc. O ambiente de negócio.no Brasil não tem nada de favorável para pequenos empresários. É um ambiente totalmente hostil e injusto.

    A maioria dos funcionários não sabe a que ponto é tudo difícil para o patrão. Devem pensar que ele está nadando em dinheiro. É absurdo, mas essa ignorância talvez seja uma coisa boa para o país. Se todo o mundo soubesse a realidade dos pequenos empresários, ninguém teria coragem de montar negócio. E se ninguém montasse novo negócio ….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s