Haddad: não jogue para os empresários pagarem a conta do transporte público!

Estou inconformado em ouvir o prefeito de São Paulo Haddad dizendo que os empresários em outros países pagam um terço da conta do transporte público e no Brasil apenas 10%, conforme o link abaixo. Segundo ele, em algumas cidades do mundo o custo do transporte público é dividido igualmente entre governo, empresário e usuário.

Não tem cabimento o governo jogar mais um dever do Estado para ser pago pelos empresários. Vão criar algum imposto novo para isso?

Devido a desorganização e vários outros fatores, é muito comum os funcionários pegarem vários meios de transporte para chegar no trabalho por morarem longe. Isso representa um alto custo de transporte para as empresas. Minha empresa por opção minha não desconta nada do funcionário, mas pela lei, pode-se descontar uma parte do funcionário, mas ainda assim, na maioria das vezes a grande parte deste custo de transporte já é do empresário. Tem funcionário com salário de menos de R$1.000 em que a empresa gasta quase R$250 de transporte. É um valor totalmente desproporcional e injusto tanto com a empresa como com o usuário. Já imaginou a ineficiencia em gastar 25% de um salário com vale transporte?

Quando o Haddad fala sobre outros países, precisamos lembrar que o transporte no exterior é sempre melhor que no Brasil e custa bem mais barato. Ou seja, se os empresários pagam um terço no exterior, devem pagar menos do que já pagam as empresas no Brasil. O Haddad fala em 10% mas não sei da onde ele tirou essa informação.

Um link abaixo mostra que o Brasil possui a tarifa de ônibus mais cara do mundo. Mas é importante considerar o custo de vida e salário mínimo também. Então não pegue o valor e converta em dólares. Considere o gráfico no final da página (dentro do link) que compara o custo do transporte com o salário minimo… ai sim temos uma comparação justa.

Se os custos do transporte são altos, é porque todos os custos das empresas de transportes são inflados com impostos e custos: seja no custos trabalhistas inflados, impostos sobre combustíveis (entre os mais altos do mundo), pneus, manutenção, etc.

E por último: se o governo foi ineficiente em construir metrôs e uma malha de transportes iguais a de outros paises de primeiro mundo, porque agora o prefeito quer jogar estes custos de ineficiência e negligência nas costas dos empresários? 

Infelizmente, a sociedade (ou pelo menos a maioria das pessoas) já se acostumaram a jogar a culpa nos empresários. Só podemos culpar empresários aqueles que participam de máfias criadas pelo próprio governo ou entidades de classes como sindicatos e afins, e este é um grupo extremamente pequeno que faz grandes danos. Possivelmente o transporte público também é regido por empresas de ônibus que tem rabo preso com político e manipulam licitações. 

http://noticias.band.uol.com.br/cidades/noticia/?id=100000607229#foto1

http://revistaepoca.globo.com/Sociedade/noticia/2013/06/grafico-tarifas-de-transporte-publico-pelo-mundo.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s