A solidão do topo. Empresários dificilmente tem a oportunidade de conversar sobre gestão de seus negócios.

Fui convidado recentemente a participar de um encontro de empresários e gestores promovido pela Vistage.

http://www.valor.com.br/carreira/2659386/receita-para-amenizar-solidao-do-poder

O que mais me chamou a atenção foi uma reportagem do Estadão sobre “a solidão do topo”. Ou seja, os empresários vivem na solidão e dificilmente tem com quem compartilhar suas dificuldades e pedir opiniões sinceras para alguém. Meus funcionários nunca vão se abrir totalmente comigo pois existe ai claramente um conflito de interesses, e muitas verdades acabam não sendo ditas. Dos meus amigos, nenhum tem sua própria empresa. E mesmo se tivesse, dificilmente seria uma opinião valida de grande peso.

Cada negocio tem sua particularidade e ninguém mais sabe do meu negócio do que eu mesmo. Afinal, comecei a empresa do zero e posso dizer que sou o “funcionário” mais antigo da minha empresa, portanto, tenho bastante experiência em todas as nuances da minha empresa.

As escolas ou universidades podem nos fornecer teorias importantes, mas nada como conversar com outros empresários e ouvir experiências reais que outros já passaram, ou mesmo, alternativas que outras empresas encontraram para superar as dificuldades. E vindo de pessoas que nos entendem. Só quem é empresário conhece como as coisas funcionam e todas as dificuldades diárias pelas quais passamos.

Acabei não me filiando a Vistage, mas me interessei mais em buscar organizações como esta que promovam encontros deste tipo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s