“É no mínimo absurda a afirmação de que alguém por simples receio de perder o emprego, estaria livre para praticar crimes”

Esta foi a frase de Joaquim Barbosa sobre as duas então funcionárias de Marcos Valério (mensalão). As funcionárias alegavam que por receio de perder o emprego, agiam ilegalmente.

Não vejo funcionários cometendo crimes, mas vejo alguns abusos por parte de funcionários demitidos que entram na justiça e alegam ter sido abusados pelos patrões. Vejo funcionários que estão muito satisfeitos com seus trabalhos, mas que após alguma desavença com seus patrões, acabam sendo mandados embora e querem cobrar na justiça pequenas coisas que nunca incomodaram, mas, pensando retroativamente pode render “fortunas”. E a alegação é que para não perder o emprego, se sujeitavam às injustiças de seu empregador.

A alegação de que os funcionários dependem dos seus empregos para sustendo da família, e por isso, são obrigados a se sujeitar a qualquer coisa é meia verdade. Se a pessoa acha que está sendo abusada, acho que está na hora de procurar por outro emprego, e não ficar quieto por anos insatisfeito para depois querer cobrar tudo na justiça. Afinal, achar outro emprego pode não ser fácil, mas também cabe a pessoa se mexer para ter uma vida melhor. E se está insatisfeita, peça as contas ou se mexa. Em alguns meses, você encontrará coisa melhor. Agora se passar anos sem conseguir achar outro emprego, provavelmente você não vale mesmo o emprego que tem, ou deveria dar mais valor a empresa que paga seu salário (mesmo com pequenos abusos). As pressões em cima dos empregadores por parte dos concorrentes chineses, impostos e clientes exigentes, com certeza é mais selvagem e trágica do que o tratamento que as empresas dão para seus funcionários, mesmo que aparentemente injusto.

Não estou dizendo para não procurar a justiça e nem aceitar qualquer tipo de abuso, mas também não leve sua vida de maneira omissa, como se você não pudesse mandar na sua vida e buscar as coisas que são melhor para você.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s